terça-feira, 27 de agosto de 2013

Parque Urbano de Ermesinde: os 32 patos magnânimos:

Ermesinde foi beneficiada pela própria Natureza que prodigiosamente lhe concedeu, em menos de um ano, 31 (dos 32) magnânimos patos reais que abrilhantam o Parque Urbano de Ermesinde:

Assim temos em 27 de Agosto de 2013:
  1. A "coquinhas" que é a pata-mãe, que apareceu no Parque há já 4 anos e que nunca esqueceu este lugar.
  2. Os 7 magníficos patos nascidos em 10-10-2013 de 11 ovos, no canteiro mais próximo da entrada do Forum Cultural dentro do lago interior ilha, por baixo de uma árvore antes de ter sido podada. São 3 machos (Argolinhas, Atiradiço e Quecas) e e fêmeas (Xica, companheira do Argolinhas, Titi, companheira do Atiradiço) e Mimi e Lili (2 das 3 companheiras do Quecas: A coquinhas-mãe é a companheira mais desejada).
  3. Os 2 «Esterolas» (ou carolas: ZéZé e Né-Né) nascidos amarelinhos em 6 de Abril de 2013 (Sábado) de 13 ovos. Nasceu mais um, todo pretinho, que foi morto num domingo, pelas 8 horas da manhã, com a idade de 8 dias: o Té-Té. 
  4. Os 12 «Pimpões» nascidos em 22 de Maio de 2013, sobreviventes dos 10 filhos da Mimi (de 10 ovos) e dos 11 da Lili (de 15 ovos). Nove foram mortos ou pilhados, quando ainda eram muito pequeninos.
  5. Os 10 «Benjamins»:
    • tendo 11 nascido em 7 de Junho de 2013 da Coquinhas (dois meses depois de terem nascido os 2 esterolas) de 12 ovinhos.
    • outros 10 nasceram em 9 de Junho de 2013 da Xica do Argolinhas, de 10 ovos.
    • Os restantes uns foram mortos pela mães dos outros quando se misturavam com os seus filhos e outros foram pilhados por visitantes do parque.

O macho, 1º companheiro da Coquinhas-mãe foi pilhado, por alturas do nascimento dos 7 magníficos.
Foi a 1ª baixa da magnânima família:

 Nas fotos estão: 30 dos 32  magnânimos patos que povoam o Parque da cidade de Ermesinde. Os 2 Carolas nascidos em 7 de Abril de 2013 estavam a comer lodo na Praça da Cultura, adjacente ao Forum Cultural de Ermesinde. Também lá vi um homem a urinar num canto escondido da Praça da Cultura.












Antes deste magnifico milagre da mãe natureza, foram postos no lago 7 patinhos, no início do ano de 2012, mais uma pata-mãe no lago do parque, aos cuidados do pessoal do Restaurante, tendo morrido todos os 7 patinhos azarados e a pata-mãe deles desapareceu.

O sucesso deste magnífico milagre deve-se em parte à brilhante ideia de um «amigo da Natureza» que trabalhava no parque e que construiu duas escadinhas de madeira para estes animais anfíbios, que são excelentes nadadores, bons voadores e normais pedestres, quando ainda pequeninos, poderem sair e entrar no famoso e admirável lago do Parque da Cidade de Ermesinde e assim se adaptarem com extrema facilidade como se o lago fosse concebido para eles.

Sem comentários:

Enviar um comentário